Eu chego lá

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Cirurgia em Familia

Bom, não sei se já contei pra vcs, mas não sou, não era, sei lá... bem, a única obesa na família. Meu irmão, mais novo, que passou a infância e adolescencia magro, acabou que aos 30 anos chegou aos quase 170kg, depois de muita espera e luta, que a maioria aqui sabe bem como é, ele operou em Março desse ano, a cirurgia dele é diferente da minha, a minha tem anel, a dele não. Ele, graças a Deus de recuperou super bem e já perdeu uns 50kg, mas tá sofrendo, tem tido muitas dores abdominais, vómitos, essas coisas que sinceramente, hoje, não me assustam mais, mas sei muito bem que no inicio é muito duro mesmo.
As dores, que agora ele está fazendo exames pra investigar, acredito que sejam agravadas pelos terríveis gases, meu Deus, não sei de onde vem tanto não é !?
O que sei é que tento dar meu apoio, da melhor forma possível, mas não adianta, essas mudanças internas, as mudanças mentais, são muito mais lentas do que as mudanças físicas, e são muito particulares, pra quem operou recentemente, fica ai meu apoio, não desanimem nunca, tudo, tudo vale a pena, o ganho é muito maior, o vomito passa, a dor passa, o enjoo passa, os sabores, os gostos, as comidas que vcs não podem comer hoje, amanhã vão continuar a existir, amanhã vc come, calma, pense em tudo o que vc está ganhando, tenho certeza que são muitos os ganhos.
Fique firme ok !?
Bjus

2 comentários:

Fabi disse...

Tudo o que a gente quer: FORÇA!!! Carinho com os demais... Parabens!

Edwiges disse...

oi querida, tenho 11 dias de operada e estou ótima, não senti nenhum desconforto. mas realmente esse 1 mês de dieta líquida não é mole. obrigada pelo post.
Edwiges